terça-feira, 25 de novembro de 2008

Tu sabes...

Agarraste uma vida... Novos sonhos que ainda agora parecem sonhar de novo...
A noite não tinha céu... O dia não tinha chão... Tu sabes... Na ponta da solidão

2 comentários:

Joana disse...

Amiga, muitas vezes sabemos, não queremos é admitir... Nestas coisas do coração o tempo ajuda sempre a constatar sentimentos ;)

Frid disse...

"Toda mulher é muito solitária. O importante é encontrar um desvio na trilha da solidão para não entristecer na vida."
(Lilia Cabral)